terça-feira, 18 de abril de 2017

Olhos hipnotizados



Diz meu nome
Adoro a maneira que me chamas
Isso me consome
E deixa meu coração em chamas.

Teu olhar sereno
São duas luas cheias
Que são como um veneno
Que corre nas minhas veias.

Teus lábios encarnados
Constroem o meu próprio paraíso
De olhos hipnotizados
No teu alegre sorriso.

Pára o tempo
Neste sonho de realidade
Para guardar o momento
Para toda a eternidade…




José Coimbra

Sem comentários:

Enviar um comentário