quarta-feira, 18 de junho de 2014

Saudades de ti



Diz-me como se faz
Para eu ser capaz
De não ter saudades de ti.
Diz-me por favor
Como superar a dor
De não estares aqui.
Diz-me que irás voltar
Para a minha alma animar
Desta angústia sem fim.
Diz-me para sorrir,
Para nunca desistir
E que voltarás para mim…




José Coimbra

Sem comentários:

Enviar um comentário