domingo, 27 de outubro de 2013

O vazio dos teus olhos



O vazio dos teus olhos
São um sinal de perigo
Que ataca os meus sonhos
E desdiz o que eu digo.

O vazio do teu rosto
É o sinal de ira
Que destrói tudo que gosto
E torna a vida numa mentira.

O vazio dos teus gestos
São um sinal de provocação
E os teus dizeres desonestos
Ferem meu coração…




José Coimbra

Sem comentários:

Enviar um comentário